Caminhões transportam água para estação de tratamento da Sanepar em Fazenda Rio Grande

A Sanepar iniciou nesta quinta-feira (20) a captação de água em lagoas próximas à estação de tratamento, na divisa com São José dos Pinhais, por meio de caminhões. A medida foi tomada pela gerência regional da Sanepar em conjunto com a Prefeitura de Fazenda Rio Grande, que tem colaborado com ações para que a situação normalize.

Segundo o prefeito Marcio Wozniack, que pela manhã recebeu um grupo de moradores do Greenfield-Eucaliptos – a estiagem, inédita nos últimos 60 anos -, “tem provocado esse problema, agravado com o vazamento de gasolina nos afluentes do Rio Despique”.

Marcio falou que a Prefeitura tem conversado com os técnicos da Sanepar e também da Transpetro, para que seja solucionado o problema do vazamento de gasolina.

“Estamos vendo o esforço da Sanepar e também estamos nos empenhando por meio de ações conjuntas colocando nossas equipes à disposição, para em breve todos terem água em suas casas”, disse.

Segundo o gerente regional da Sanepar, Luiz Cláudio Pereira, um dos objetivos é retomar o índice de abastecimento que variava de 110 a 120 litros de água por segundo antes da crise hídrica. “Conseguiremos chegar a 80 litros por segundo; atualmente estamos com 30 litros por segundo atuais”, avaliou.

O morador Sidnei Lara, 35 anos, participou da comissão de moradores que entregou um abaixo assinado para a gerência da Sanepar. Ele disse que seus vizinhos estão sofrendo com a falta de água. “Chegamos a ficar até dez dias sem água, entendemos o esforço que está sendo, mas precisamos de água em nossas casas. Agradecemos a atenção que recebemos e esperamos resolver o problema bem cedo”, concluiu.

Participaram da ação na Sanepar o secretário de Governo, Eloi Falcão e o vereador Rafael Campaner, além de técnicos da Sanepar.